segunda-feira, 5 de agosto de 2013

as flechas foram lançadas,
o barco atravessou o rio,
a arvore apogeu na montanha,
o pássaro cantou no galho
enquanto do barco se olhou a margem
enquanto da flecha verteu sangue
enquanto da montanha estremeceu o rio
que levou o pássaro no galho
e o barco apogeu na montanha
que cantou com a flecha em seu peito
que verteu margem para esse amor distante.
o rio deixou o barco. a arvore desceu a montanha.
o pássaro voou longe. e o amor,
ah o amor, esse correu feito louco pra salvar a flecha
de tremer no vão.